Diferenças Entre Lucratividade e Rentabilidade

Diferenças Entre Lucratividade e Rentabilidade
Michele Bastos - 07/02/2018

Toda empresa deseja obter lucro em seus negócios, contudo os conceitos de lucro e rentabilidades são distintos. Apesar de muitos pensarem que lucratividade e rentabilidade são as mesmas coisas, esse pensamento é um grande engano.

Mas quais as diferenças entre os dois fatores, será que isso influencia nos negócios? As diferenças são simples, no entanto, não saber quais são elas, pode causar danos irreversíveis nos negócios. Hoje você vai aprender a diferença entre rentabilidade e lucratividade, continue acompanhando o conteúdo até o final.

O que é rentabilidade

Se você é uma pessoa de negócios, já deve ter recebido várias propostas para iniciar outros empreendimentos. Quando a pessoa oferece um negócio novo, costuma usar a frase “esse negócio é rentável”. De modo geral, a pessoa quer dizer que você vai ganhar muito dinheiro.

Mas o conceito de rentabilidade está ligado ao investimento efetuado no projeto. Vejamos um exemplo, você vai investir R$10.000 e o negócio vai gerar um ROI (Retorno sobre o investimento), de R$40.000. O negócio é bem rentável e com certeza vai valer a pena fazer o investimento.

A rentabilidade é a métrica que indica a capacidade de produção de lucros de um produto ou serviço. Quando o negócio não é rentável o retorno sobre o investimento é baixo e não vale a pena investir.

Na hora de calcular a rentabilidade de um determinado investimento é necessário utilizar uma fórmula. Através da fórmula correta, é possível descobrir perdas e ganhos da empresa.

A fórmula para calcular é a seguinte: Lucro Líquido / Investimento x 100. A rentabilidade é muito importante para saber se os investimentos serão efetivos e trarão lucro. Calculando antes do negócio ser iniciado, é possível fazer bons negócios sempre.

O que é Lucratividade

Um bom exemplo de lucratividade é o das vendas simples de produtos, por exemplo, você vende uma mercadoria por R$100, mas o preço de compra foi R$50, o seu lucro foi de R$50. A lucratividade mostra ganhos mais rápidos. Por exemplo, lucro mensal, semestral ou anual.

De maneira mais clara, podemos dizer que a lucratividade é uma medida que indica os ganhos reais perante tudo o que foi recebido. Ou seja, quando ocorre uma venda subtraímos os custos do produto como por exemplo, impostos, fretes e outros encargos, o restante é o lucro.

Se você vende um produto a R$1000, e R$200 é de ICMS, outros R$300 de frete, os R$500 restantes é o lucro faturando com a venda. Neste caso, a lucratividade é de 50%, o que é muito bom para a empresa.

Qual a importância desses índices

É indispensável o entendimento sobre a lucratividade e a rentabilidade, não se pode ignorar nenhuma das duas métricas. Um negócio é diagnosticado como vantajoso quando se sabe que tem lucratividade e rentabilidade.

Há casos de negócios que não são rentáveis em determinado período, no entanto, a lucratividade faz com que seja valido o investimento. Podemos notar que são fatores que influenciam na tomada de decisão antes mesmo do empreendedor começar um negócio.

Empreendedores que possuem habilidades, ou têm pessoas competentes na equipe para fazer os cálculos, têm maiores chances de ter sucesso nos empreendimentos. De modo geral, é comum ver pessoas confundindo os conceitos.

A confusão entre lucratividade e rentabilidade pode ocasionar em problemas graves e prejudicar os negócios. As duas métricas possuem uma certa ligação por estarem diretamente afetando o lucro líquido. Porém, são diferentes e devem ser analisadas separadamente. Se o investimento não for lucrativo ou rentável, não há razão em continuar investindo.

Para saber exatamente qual o lucro real de sua empresa, é importante Controlar as Contas a Pagar e Receber de Sua Empresa diariamente e forma assídua.

Organize Suas Contas Com o Sistema Soma - Comece Grátis


Gostou de nossa matéria? Não se esqueça de compartilhar nas redes sociais e de se inscrever em nossa Newsletter para receber mais matérias como esta e também conteúdos gratuitos sobre empreendedorismo, finanças e marketing. Em caso de dúvidas, críticas ou sugestões, deixe seu comentário logo abaixo.

Michele Bastos bacharel em Administração, gerente na Design Bastos e consultora de vendas na Agência Atena e Sistema Soma. Ama o que faz e procura sempre dar o bom exemplo e motivar os colaboradores.
Últimos posts do autor

Participe e Comente