Dicas Para Quem Deseja se Tornar um Autônomo

Dicas Para Quem Deseja se Tornar um Autônomo
Renan Lopes - 22/09/2017

Se tornar autônomo é a categoria de trabalho que mais cresce do Brasil. Então está pensando em se tornar autônomo? Confira 10 dicas e tudo que você precisa saber.

Tornou-se comum hoje em dia no meio empresarial e comércio em geral as pessoas recorrerem aos autônomos para contratar serviços específicos e eventuais. Com isso a categoria de trabalho autônomo vem crescendo cada vez mais, são autônomos de diversos segmentos atendendo diferentes nichos de mercado.

O que seria um profissional autônomo afinal?

Nem todas as pessoas que trabalham por conta própria podem ser consideradas profissionais autônomas. Podem ser consideradas profissionais autônomas pessoas que atuam dentro da legislação.

Pessoas que não possuem vínculo com nenhuma empresa, possui total independência financeira diferente de profissionais efetivos, e exerce as próprias atividades.

Podemos citar mais alguns fundamentos do profissional autônomo como:

  1. Um profissional autônomo possui a liberdade de desenvolver a execução do próprio trabalho da forma que desejar além de poder organizar todas as atividades, podendo contratar auxiliares para lhe ajudar ou não;
  2. Quando o trabalho é autônomo fica por conta do profissional procurar seus resultados, podendo ou não alienar nas atividades realizadas. Diferente de um profissional que trabalha para outras pessoas, que precisa sempre se esforçar no trabalho para conseguir atingir grandes metas, mas sem assumir muitos riscos;
  3. A maioria dos profissionais autônomos atua utilizando suas habilidades pessoais;

Como ser um autônomo legalizado?

Atuar como autônomo e não obter a legalização fiscal pode trazer problemas com a Receita Federal. Então se está pensando em se tornar um autônomo saiba o que você irá precisar ter de documentação para atuar sem maiores problemas.

Vale lembrar que quem opta atuar como profissional autônomo sem nenhuma formalização acaba sofrendo com diversas dificuldades para encontrar seu espaço no mercado profissional, perde a credibilidade.

Para poder trabalhar como autônomo sem problema algum com a fiscalização e além de evitar a falta de credibilidade por parte dos clientes é preciso procurar retirar algumas documentações como CNPJ (que permiti a emissão de notas fiscais), mas claro que para começo de negócio gastar com taxas muito altas pode estar fora do orçamento, com isso é possível retirar o MEI (Microempreendedor Individual), sistema criado para atender microempresários com taxas tributárias mais acessíveis.

Dicas para ser um profissional autônomo:

Para ser um profissional autônomo o primeiro passo é entender que não existe hora certa, mas sim iniciativa. Se você já possui um capital guardado e uma ideia, o porquê não colocar em prática e ser seu próprio chefe?

Às vezes muitas pessoas esperam demais, pois eles mesmos colocam empecilhos em seu caminho profissional. Claro que nenhum negócio pode ser colocado em prática do dia para noite, é importante fazer um plano de negócio, pesquisas para saber cada passo dá onde seu dinheiro está sendo investido, e a cima de tudo que dê certo.

Não fique na espera do momento ideal e nem acredite que sua empresa irá crescer do dia para noite, mas iniciativa é tudo;

Disciplina

Um erro grande da maioria dos autônomos é achar que não é preciso ter disciplina diária, pois não possui um chefe para mandar em algo. Mas é exatamente por não ter um chefe, que é preciso construir a própria disciplina todos os dias.

É preciso terminar o trabalho no prazo correto, entregar os produtos e também conseguir clientes. Para que tudo sempre ocorra da maneira correta, desenvolva seus próprios processos de organização, planejamento, se policie em relação aos horários e sempre busque alternativas para aperfeiçoar o tempo diário e faça de tudo para evitar a procrastinação.

Sempre se lembre de que você está começando e sua empresa ainda não é conhecida e nem possui clientes, é preciso você ir atrás para que tudo dê certo;

Plano de negócio

Antes de colocar qualquer projeto em prática, primeiramente desenvolva um plano de negócio para ter conhecimento de seu público, mercado de atuação, concorrência. O plano de negócio deixa claro todas as informações necessárias para colocar as atividades do seu negócio em prática, definindo os valores da marca, receita, capital de giro, comunicação a ser utilizada com os clientes, resultando em uma construção forte de imagem de seu negócio;

Todo plano de negócio obtém um plano de promessas em relação a retorno de dinheiro, e os autônomos acabam contando muito com um dinheiro que nem entrou no caixa e vão além, fazem contas contando ser pagas com determinado valor esperado. Cuidado com cálculos imprecisos em sua empresa, isto pode levar ela a falência em pouco tempo;

Controle as finanças

Um ponto muito importante quando um profissional se torna autônomo é entender que finanças profissionais e finanças pessoais não podem se misturar. Muitas pessoas se perdem nesta questão e acabam misturando vida profissional com vida pessoal, e perde o controle de seus lucros, gastos e finanças da empresa.

A melhor forma de manter manter tudo separado, é através da organização das contas a pagar e receber. Tenha certeza que você anota tudo que entra e tudo que sai. E não se esqueça de categorizar se as despesas foram pessoais ou de seu negócio.

Logo no começo da empresa divida bem ambas as finanças e estabeleça um livro de caixa e siga uma rotina de organização, proponha metas e isto irá ajudar o contador para evitar que se afogue em dividas;

Uma boa opção de economizar tempo e simplificar o processo, é utilizar um Sistema de Contas a Pagar e Receber para lhe ajudar neste controle. Uma outra opção é anotar tudo utilizando papel e caneta, ou utilizar fórmulas e planilhas.

Saiba Precificar

É importante desde o início entender corretamente o preço de custo de seus produtos e serviços e planejar qual será sua margem de lucro e impostos, para assim chegar ao preço ideal.

Precificar apenas levando em consideração seus concorrentes pode ser desastroso, principalmente quando se está iniciando um negócio.

É claro que ter um preço compatível com o mercado é essencial, mas se este preço não estiver dando lucro, rapidamente sua empresa irá quebrar.

Caso você descubra que seu preço é mais alto que o praticado, você deve procurar alternativas para reduzir o custo ou então oferecer diferenciais para que a diferença faça sentido para o consumidor.

Dê o seu melhor

Para fazer um negócio dar certo é preciso sempre oferecer um bom serviço, não importa se são empresas pequenas o importante é o atendimento e experiência. Sempre se esforce para se destacar no mercado e deixar seus clientes satisfatórios isso vai aumentar as vendas e demandas da empresa;

Jogo de cintura

Aprenda a lidar e compreender as pessoas entenda que você irá se comunicar com diferentes tipos de pessoas como: fornecedores; empreendedores; funcionários; consumidor final. Respeito e educação são fundamentais para te ajudar nesta etapa de comunicação, mesmo que muitas vezes o cliente seja complicado e inadimplente, é preciso aprender a resolver os problemas da melhor forma;

Foque no que você faz melhor

Todo profissional autônomo possui como objetivo fazer seu negócio crescer, mas saiba o momento certo de terceirizar os serviços, você pode conseguir dar conta de uma coisa e não de outro, é nesta fase que terceirizar algo pode ser a melhor escolha;

Ser autônomo e ter um negócio próprio são se esforçar 24 horas por dias, principalmente se a empresa está no começo. Estude sempre todos os setores da empresa, e conheça todos os pontos, faça análises e esteja sempre em alerta aos feedbacks dos clientes. Estar atento a tudo é possuir controle do próprio negócio;

Não se acomode

Pense que você já se tornou autônomo, sua empresa já está em atuação agora é o momento de não se aquietar. Não deixe seu negócio parado e sempre com a mesma linha de trabalho, procure sempre inovações e coloque projetos em prática.

Desafios motivam sempre, pois assim despertam a vontade de ser melhor a cada situação dentro do negócio.

Vantagens de ser um profissional autônomo

Existem muitas vantagens em ser um profissional autônomo. Definir o próprio horário de trabalho, não sendo preciso seguir um modelo fixo como se fosse um empregado, com um horário determinado para entrar e sair da empresa. Ser autônomo é possuir ter a total liberdade para trabalhar da forma que quiser, aonde quiser e o horário que desejar.

Já imaginou conciliar sua atividade profissional com atividades da vida pessoal? Então, ser autônomo é poder administrar melhor seu tempo, ter flexibilidade para fazer muitas coisas e seu dia irá render mais.

Os autônomos em geral não são obrigados a apresentar certificado profissional das atividades exercidas, mas é preciso ter preparado para colocar em prática o que está propondo para não deixar seus clientes na mão. Ser autônomo pode ser a melhor escolha de fazer uma renda extra e não deixar de trabalhar mesmo que a situação do mercado de trabalho brasileiro esteja ruim.

Organize Suas Contas Com o Sistema Soma - Comece Grátis


Gostou de nossa matéria? Não se esqueça de compartilhar nas redes sociais e de se inscrever em nossa Newsletter para receber mais matérias como esta e também conteúdos gratuitos sobre empreendedorismo, finanças e marketing. Em caso de dúvidas, críticas ou sugestões, deixe seu comentário logo abaixo.

Tem 29 anos, empresário e formado em Ciência da Computação com pós-graduação em Tecnologias Web e MBA em Gestão de Projetos. Aficionado por tecnologia, empreendedorismo e finanças.
Últimos posts do autor

Participe e Comente